Superman da Terra Paralela

Origem: Malucopédia, a enciclopédia insana


Nowikipedia.png
Se deu mal! A Wikipédia não tem um artigo sobre Superman da Terra Paralela.
Superman da Terra Paralela na terceira idade, em plena forma.

O Superman da Terra Paralela foi o primeiro super-herói das histórias em quadrinhos, aquele que inspirou a criação de todos os super-heróis cultuados pela nerdidade.
Quote1.png Mas espere um pouco, existem dois Supermen? Cquote2.png
É fácil entender: antes de Crise nas Infinitas Terras, a saga que redefiniu o Universo DC (pela primeira vez), havia um multiverso com várias Terras, todas ocupando o mesmo lugar no espaço (dá pra imaginar como era apertado) e vibravam (ui!) em diferentes frequencias, e numa delas havia o Superman da Terra Paralela. Em outra havia o Superman da Terra Ativa (esse que você lê todo mês nas revistas DC). Em outra havia o Superboy. E por aí vai.

A história desse Superman

Basicamente é a mesma do Superman que você conhece: em 1917 o planeta Krypton estava para explodir quando o cientista Jor-L salvou seu filhinho Kal-L mandando-o numa nave para um planetinha atrasado chamado Terra. Ao chegar à Terra Kal-L foi encontrado por um casal de caipiras da cidade de Pequenópolis. Eles não queriam filhos, então mandaram o moleque para um orfanato, mas depois pensaram que seria vantagem ter um filho superforte, eo adotaram no dia seguinte, chamando-o de Clark Kent. Quando Clark fez 21 anos, seus pais o botaram pra fora de casa e ele foi morar em Metrópolis, arranjando emprego como repórter do Estrela Diária (isso mesmo, Estrela Diária e não Planeta Diário) e se apaixonando pela gostosíssima Lois Lane, que achava ele um banana e um mala sem alça. Para conquistar sua amada, Clark decidiu usar seus superpoderes para salvar inocentes e combater o crime, e criou a identidade de Superman, muito bem protegida pelos óculos de Clark Kent. A estratégia deu certo em parte, pois Lois ficou caidinha pelo homem de aço, mas continuava não dando a mínima para Clark Banana de Pijama Kent.

O Superman chorou não pela perda de sua prima, mas pelas infinitas crises que teria de enfrentar mais na frente

Os maiores inimigos do Superman eram o Ultra-Humanóide, um gorila inteligente com um cérebro avantajado e muito parecido com um par de testículos, e Lex Luthor, ou melhor dizendo, Alexei Luthor, um vilão comunista russo (era a Segunda Guerra Mundial). Numa batalha contra Lex Luthor, o Superman deu um salto muito grande e bateu com a cabeça num teto de kryptonita, criando um galo na cabeça e esquecendo que ele era um super-herói. Desde então Clark Kent deixou de ser um bocó e passou a ser o repórter de maior prestígio do Estrela Diária, deixando Lois caidinha por ele, já que o Superman estava desaparecido. Depois da primeira foda com Lois, Clark ficou tão feliz que voou pela primeira vez e lembrou que ele era o Superman. No ano seguinte o Superman foi convocado pelo exército americano a lutar contra os nazistas e defender os ideais de verdade, justiça e o american way of life. Diferente do Superman que você conhece, esse era macho violento o suficiente para matar, e deu cabo de uma cambada de nazistas, fascistas e japoneses.

Ao fim da guerra um senador americano paranóico acusou os heróis de serem todos comunistas, obrigando-os a revelar suas identidades. Superman então decidiu se aposentar, mas primeiro revelou seu segredo a Lois e a pediu em casamento. Mas a aposentadoria não durou muito. Vinte anos depois ele descobriu que havia outro universo com super-heróis mais jovens e viris, e resolveu voltar à luta junto com outros heróis saídos do asilo como o Batman da Terra Paralela, a Mulher-Maravilha da Terra Paralela, o Flash Jay Garrick, o Lanterna Verde Alan Scott, o Arqueiro Verde da Terra Paralela, o Falcão da Noite, o Sandman Wesley Dodds, o Senhor Destino, e o Espectro. Superman batizou essa tchurma de Sociedade da Justiça. E mais tarde o homem de aço descobriu que não era o último filho de Krypton. Os tios de Kal-L conseguiram fugir de Krypton e egoistamente deixaram seus pais para trás, se refugiando num asteróide. Mas este estava em rota de colisão com uma estrela, então eles mandaram sua filhinha recém-nascida Kara para a Terra, direto para a casa de Lois e Clark. Ela chegou lá já mocinha, ninfetinha de 15 anos, e foi adotada como filha pelo seu primo e a esposa, já que eram ambos ocos. A jovemzinha seguiu os passos do primo e tornou-se a super-heroína Poderosa.

Nos anos 80 a DC Comics entrou em crise, e o Multiverso começou a ser devorado por Galactus pelo Antimonitor. Superman e a Sociedade da Justiça então se uniram aos heróis da Terra Ativa e combateram o bicho, mas as Terras foram apagadas restando apenas uma. Como esse Superman era o único herói com culhões para matar, coube a ele dar cabo do Antimonitor. No fim ele foi morar num belo paraíso, junto com sua esposa, o Superboy da Terra Primordial e Alexander Luthor, filho do Lex Luthor bonzinho da Terra-3. Daquele paraíso Superman ficou vinte anos observando todas as cagadas e crises no qual a nova geração de heróis se meteu, e resolveu sair de lá e pôr ordem na casa, mas acabou descobrindo que era tudo culpa de Alexander Luthor e do Superboy Primordial. Antes de Superman deter os traidores, Lois fez com que Poderosa, que havia batido com a cabeça e sofrido de amnésia durante a primeira crise, lembrasse do primo e de tudo mais, e acabou morrendo de velhice. Nosso herói conseguiu frustrar os planos malígnos dos dois vira-casacas, mas acabou sendo espancado até a morte pelo chorão Superboy Primordial.

Diferenças entre esse Superman e o da Terra Ativa

  • O Superman da Terra Paralela tinha medo de alturas (igualzinho ao Superboy da série Smallville) e por isso ele não voava, apenas saltava alturas gigantes. Só depois de várias sessões com um psiquiatra e de traçar a Lois Lane da Terra Paralela é que ele passou a voar.
  • O Superman da Terra Paralela vivia dentro de casa e não tomava sol, por isso ele podia ser ferido por granadas e usava um uniforme de kevlar. Só depois de muitas sessões de bronzeamento artificial ele ficou absolutamente invulnerável e superforte, além de ficar parecido com David Hasselhoff.
  • Os pais adotivos desse Superman se chamavam John e Mary Kent, e os pais biológicos se chamavam Jor-L e Lora. Já os pais adotivos do Superman da Terra Ativa se chamam Jonathan e Martha Kent, e os pais biológicos se chamavam Jor-El e Lara. Ou seja, só mudou a grafia dos nomes.
  • O Superman da Terra Paralela (em Krypton) se chamava Kal-L. O da Terra Ativa (também em Krypton) se chama Kal-El. Ou seja, só uma letra foi acrescentada (que grande mudança).
  • O Superman da Terra Paralela surgiu nos anos 40. O da Terra Ativa surgiu nos anos 60 (antes da Crise, depois da Crise ele "reiniciou" sua carreira nos anos 80).

Ou seja, as únicas coisas que esses dois Supermen tinham em comum era que ambos se chamavam Clark Kent, vieram de Krypton, e comeram a Lois.

Leia também