Matheus Bátima

Origem: Malucopédia, a enciclopédia insana
Ir para: navegação, pesquisa
Matheus Bátima e seu parceiro Tadeu Róbson

Matheus Bátima, também conhecido como o chato da MAD ou Chato N°1, é um moleque chato pra caralho que vive unicamente pra perturbar os editores da revista MAD Brasil.

História do fedelho

O moleque é tão chato que consegue ser mais engraçado que os roteiristas da MAD, de tão ridículo que consegue ser. De tão mala que esse moleque consegue ser ele coneguiu o impossível: ser um colaborador oficial da MAD. E despertar a inveja de meia dúzia de punheteiros que lêem a MAD no banheiro (Aliás, a MAD é uma revista broxante. É preciso estar mesmo desesperado pra ler uma coisa dessa no banheiro).

Mas, fala sério, quem é tão frustrado a ponto de ter inveja de um fedelho que aos onze anos virou colaborador de uma revista em quadrinhos existente há 30 anos, com versões em trocentas línguas e que mesmo publicada em papel barato (mais vagabundo que papel de jornal) é a revista de humor mais vendida do mundo? Eu não.

O sonho de Matheus Bátima era ser famoso. Claro que ele falhou miseravelmente nesse propósito maligno. Mas ao falhar ele teve pleno sucesso, pois de tanto encher o saco na redação da MAD ele tem seu nome citado na revista e é devidamente xingado por todos os 69 leitores da revista.

Ligações a cobrar externas

Artigos não-relacionados