Martinho Lutero

Origem: Malucopédia, a enciclopédia insana
Ir para: navegação, pesquisa
Martinho da Vila Lutero

Martinho Lutero é o fundador do protestantismo (não sabe o que é isso? E se eu te falar crente? Ah, agora você já sabe). Martinho Lutero era um monge católico, em uma época áurea em que os padres descumpriam o voto de castidade comendo mulheres em de vez de pegar garotinhos para fazer o boquete. Mas Lutero era um monge ético, e, sempre que comia uma mulher, se arrependia e queria confessar. Só que seu superior não aceitava a confissão sem que ele pagasse, em dinheiro, uma indulgência.

Puto da vida, ele pregou 666 teses (ou seria outro número?) na porta da Catedral de Notre Dame, em Berlim, dando início ao movimento prostituto protestante. Sua mãe (não a mãe de vocẽ, a mãe dele, Senhora Lutero) também protestou, então o pessoal passou a chamar Lutero de filho da prostituta protestante. Foi então que ele rompeu definitavente com a Igreja Católica, foi deificado, e fundou a Igreja Luterana, que trocou a adoração dos santos e dos papas pela adoração a Lutero. Lutero morreu durante a Guerra dos Trinta Anos, que foi uma guerra que durou trinta anos.

Ver também