Cão gay

Origem: Malucopédia, a enciclopédia insana
Ir para: navegação, pesquisa


Comprovou-se que não é só entre os humanos que acontecem aberrações sexuais como a homossexualidade, a boiolidade, a incestuosidade e a semvergonhidade. No reino animal também ocorrem muitas aberrações como filho comendo mãe, pai comendo filha e irmão comendo irmã.

No entanto após a Grande Depressão, a queda do regime comunista e o fim da série National Kid, ocorreram graves danos ao meio ambiente causados pelo consumo excessivo de Coca-Cola e um consequente surto de sarna reduziu dramaticamente o número de fêmeas no reino animal, mais especificamente na espécie canina. Lutando como cães (porque eles eram cães, ora) pelas escassas fêmeas, o melhor amigo do homem teve de imitar o comportamento de seu mestre, transando com espécimes do mesmo sexo e até com a perna de seu dono.

Triste destino dos cachorros gays

Marginalizados e excluídos, os cães gays sobrevivem fazendo ponto nas esquinas de Curitiba, Paraná, e também em motéis caninos localizados logo abaixo do viaduto, sendo comidos ao preço de um ossinho da sorte ou de um bife suculento. Veja abaixo a rotina dura e ingrata deste ser:

Ver também