Belém

Origem: Malucopédia, a enciclopédia insana
Ir para: navegação, pesquisa

Belém é uma capital de um estado do Brasil e uma das inúmeras cidades em que o pau quebra. Belém também é a cidade em que várias criaturas habitam então recomendamos planejamento e vacinas ao viajar para esse cafundó de Judas.

Sobre[editar]

Durante a época que piriguete usava calça, alguns índios, outros ladrões e alguns gajos fizeram um forte em meio da floresta amazônica, depois os descendentes dessas criaturas construíram casas e fundaram a cidade. Depois de um tempo, a cidade virou clichê para uma loira nem tão gostosa assim que canta forró brega. Depois disso, as criaturas nativas evoluíram, e foram as ruas pedir para Belém ser um distrito-capital da Curradoslováquia, em que as criaturas simpatizaram muito com os habitantes do Viadostão.

Cadê a cidade de Belém?

O crescimento se deu conta com a época da borracha, quando os nordestinos saíram da seca para procurar São Paulo sem um mapa e uma bússola, se depararam com a cidade de Belém que na época era pequena do tamanho de um cu, e foram em busca de emprego achando que foram para um lugar de mato brabo em São Paulo, como os paraenses não sabiam do que estavam falando, ofereceram um emprego miserável e cansativo que é tirar o látex da árvore chamada de seringueira, que é parente próximo da mamona, da mandioca, do pinhão manso e da nogueira-do-iguape.

A fonte de renda de agora é o contrabando, isso porque o negócio da borracha simplesmente faliu porque os viados dos ingleses plantaram as seringueiras nas Índias. O contrabando de lá é o tráfico dos animais, em que o governo apoia que os malandros peguem os animais no meio da mata e vendem legalmente para o exterior. Maiores compradores são os Estados Unidos e a Europa.

Belém tem duas grandes atrações turísticas.

Uma delas é bem tradicional, consiste nas próprias meninas de Belém, que adoram dar para qualquer cara de fora que apareça por lá.

A outra é mais recente, foi montada às pressas em 2003, e está sendo reformada para a Copa do Mundo de 2014. Ela foi feita porque, em 2003, o então Presidente Lula, visitando a cidade, disse que estava muito feliz de conhecer a cidade onde Jesus havia nascido, e quis conhecer a estrabaria onde ele foi visitado pelos Reis Magos. Então o secretário de Turismo montou, às pressas, uma merda qualquer, colocou algumas coisas escritas em árabe (porque o Lula não saberia reconhecer mesmo latim, grego, hebraico ou aramaico) e disse que era a Santa Manjedoura. Desde então, este local tem sido um grande ponto turístico, atraindo outros idiotas que confundem Belém do Pará com a Torre de Belém, em Portugal, que foi o lugar de verdade onde Jesus nasceu

Cada cidade tem o seu problema! O problema mais grave dessa cidade é porque ela é suja e é cheia de mato, isso porque o mato é a buceta da floresta amazônica e, graças ao conservadorismo, não pode cortar as plantas além de fazer podas. Além de ser sujar e cheia de mato, é lar de insetos, por isso que os repelentes fazem sucesso por lá, e se o repelente acabar, compra mais, e assim fecha o ciclo.

Se bem que as etnias, bem... acontece que elas estão juntas! Ou seja, os habitantes são miscigenados, um dos motivos do porquê do povo de lá ser muito feio.

Ver também[editar]